top of page

Super Dicas para a sua viagem de Cruzeiro


Fazendo as bagagens. Que traje usar a bordo?

Durante o dia, os trajes são informais: roupas leves, bermudas, shorts e maiôs, tendo o cuidado de vestir camiseta ou saída de banho nas áreas internas do navio e usar calçados leves, de preferência com solado de borracha. Para o jantar, recomenda-se aos cavalheiros o uso de paletó e gravata e às senhoras, esporte fino ou vestidos apropriados para a noite. Nos restaurantes à la carte, no almoço e no jantar, não é permitido a entrada com bermudas, chinelos, minissaias, camisetas regata, etc. Noite do Comandante/Gala: A Noite do Comandante é um evento especial, realizado em cruzeiros acima de 4 noites e publicado no Programa do Dia à disposição nas cabines. Nessa noite, recomenda-se o traje de gala: uso de terno escuro e gravata para os senhores e social para as senhoras. Bagagem: Sugerimos aos hóspedes que não levem bagagem em excesso, para que possam ser bem acomodadas nas cabines e transportadas no interior do navio. O limite máximo de bagagem no navio é de 90 kg (noventa quilos), distribuídos em até 3 malas por cabine, sendo que será permitida apenas 1 bagagem de mão por pessoa, com no máximo as seguintes medidas: 55 x 35 x 25 cm. Todas as bagagens deverão estar devidamente etiquetadas.

A MSC Cruzeiros não se responsabiliza por bagagem danificada por ter sido despachada com peso acima do suportado pela mala. O hóspede com trecho aéreo deverá respeitar as normas das companhias aéreas e de seu bilhete aéreo. As malas são embarcadas e desembarcadas por terceiros autorizados pela concessionária portuária, sendo que a MSC Cruzeiros não se responsabiliza por danos causados durante o manuseio.

Somente as malas são consideradas como bagagens que podem ser despachadas. Esclarecemos que medicamentos, bolsas, sacolas, carrinhos de bebê e quaisquer outros itens pessoais, frágeis ou de valor devem ser transportados pelos hóspedes, como bagagem de mão.

Conforme normas Internacionais de Segurança são considerados itens proibidos: bebidas alcoólicas (cerveja, vinho, destilados, champanhe etc.) e não alcoólicas (refrigerantes, sucos etc.), armas de fogo, faca, tesoura, canivete, armas brancas (soco inglês, tacos, bastões, spray de pimenta etc), algemas, objetos afiados e/ou perfuro cortantes, aparelhos elétricos ou eletrônicos potencialmente explosivos (aparelho celular Samsung modelo Galaxy Note 7, skate elétrico “overboard”, etc), drone, ferro, chapinhas para cabelos, secadores para cabelos e “babyliss”, aquecedores de mamadeiras e narguilés, itens explosivos (dinamites etc) e/ou inflamáveis descritos nos rótulos do produto ou assim considerados. Se qualquer um desses itens for encontrado na bagagem ao passar pelo raio-x durante o processo de embarque, o hóspede será chamado para efetuar o descarte. Caso o hóspede se recuse a descartar o objeto em questão, o seu embarque será negado. As etiquetas serão enviadas juntamente com o e-ticket. As malas devem estar devidamente lacradas com cadeado de segurança. Sugerimos ao hóspede que adquira um seguro mantido por seguradoras especializadas.

Nos cruzeiros pela América do Sul, o hóspede que for diretamente ao porto deverá entregar suas malas no setor de bagagens.

A bagagem seguirá diretamente para a cabine. Por questões de segurança, as bagagens são submetidas a raios X e scanner do navio. Se houver necessidade, os seguranças do navio podem solicitar a presença do hóspede para esclarecimentos sobre possíveis objetos que ofereçam risco à segurança de seus hóspedes. Bagagem de mão: Objetos considerados frágeis, pessoais e/ou valiosos (joias, eletrônicos, relógios, máquinas fotográficas, dinheiro, documentos de viagem, carrinhos de bebê, mochilas, remédios, etc.) devem ser transportados como bagagem de mão, sendo que a Empresa não se responsabiliza por dano ou perda desses objetos.

Animais: Não são permitidos a bordo animais domésticos ou não de qualquer espécie, exceto cão guia. O embarque de cães guias devidamente treinados e licenciados é permitido , desde que apresentem boas condições de saúde e que possuam toda a documentação necessária para ingressar nos países que serão visitados durante a viagem de cruzeiro. Os hóspedes receberão com antecedência todas as informações necessárias sobre as acomodações do animal, os aparelhamentos disponíveis, bem como sobre os procedimentos para embarque e desembarque. O hóspede é o único responsável (com o auxílio do cuidador, se for o caso), pela guarda, alimentação e pelos cuidados gerais do animal. Gestantes podem fazer um cruzeiro? As mulheres grávidas que tenham até 23 (vinte e três) semanas de gravidez até o último dia do cruzeiro poderão viajar mediante autorização médica. Assim, a hóspede gestante deverá, obrigatoriamente, apresentar no momento do embarque atestado médico confirmando o estágio e as condições de saúde para realizar o cruzeiro. A empresa não permite o embarque de hóspede que esteja com 24 (vinte e quatro) semanas ou mais de gestação até o fim do cruzeiro. Caso a gestante tenha mais de 24 (vinte e quatro) semanas de gestação até o fim de cruzeiro, ou na falta do atestado com as informações, a empresa reserva-se o direito de recusar o embarque, não tendo responsabilidade sobre essa recusa.

Viagens dentro do território brasileiro:

Brasileiros: Hóspedes brasileiros deverão embarcar com um dos seguintes documentos originais: passaporte (válido até o término da viagem), RG (Carteira de Identidade Civil emitida pela Secretaria de Segurança Pública dos Estados), CREA, CRM, OAB, Carteira de Habilitação, Carteira de Identidade Militar, entre outros documentos de identidade civil válidos em território nacional, desde que este esteja em bom estado de conservação. Hóspedes Brasileiros realizando dois cruzeiros na sequência, sendo o primeiro exclusivamente no Brasil e o segundo cruzeiro visitando a Argentina e o Uruguai, deverão embarcar desde o primeiro dia com a documentação para viagens a países integrantes do Mercosul. Estrangeiros: Hóspedes estrangeiros residentes no Brasil deverão embarcar com um dos seguintes documentos originais: passaporte válido (com no mínimo 6 [seis] meses de validade) ou RNE válido (Registro Nacional de Estrangeiros). Hóspedes estrangeiros não residentes no Brasil deverão embarcar com passaporte válido (com no mínimo 6 [seis] meses de validade) e tarjeta de entrada no Brasil carimbada pela imigração do aeroporto. Quanto à necessidade de visto, o hóspede deverá entrar em contato diretamente com o consulado dos países a serem visitados.

Não será permitido o embarque de hóspedes portando cópias de documentos, mesmo que autenticadas.

Viagens dentro do território brasileiro

Documentos originais: passaporte válido (mínimo de 6 [seis] meses de validade), RG ou Certidão de Nascimento original. Menores de 18 anos desacompanhados de ambos os pais ou responsável deverão também apresentar, obrigatoriamente, autorização para viajar e hospedar-se a bordo do navio (conforme o modelo disponível no site) por escrito do pai e/ou da mãe, com firma reconhecida em cartório.

Notas Importantes:

  • Menores de idade viajando apenas com o passaporte de modelo azul, que não consta a filiação, acompanhados ou não dos pais, também deverão apresentar no embarque o RG ou Certidão de Nascimento original. Isso é necessário para comprovar a filiação, pois o novo passaporte azul não registra a filiação do viajante.

  • Não será permitido o embarque de hóspedes portando cópias de documentos, mesmo que autenticadas.

  • Não será aceito embarque com Boletim de Ocorrência em caso de extravio ou roubo de documentos.

  • Sugerimos que os responsáveis por menores com menos de 1 (um) ano de idade submetam os mesmos a consulta médica para atestar as condições de saúde para realizar o cruzeiro, bem como, apresentem no momento do check-in, atestado médico confirmando o bom estado para viajar.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page